Ir para conteúdo



Foto

4GMax chega a Porto Alegre


  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico

#1

Claro

    Membro Sênior

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 591 posts

Postado 08 Mar 2013 - 09:37

A Claro anunciou nesta quinta-feira que a conexão 4G estará disponível aos usuários de Porto Alegre a partir de hoje. Em evento para a imprensa, a operadora informou que os planos da conexão de quarta geração estarão disponíveis a partir de 5 Gb, uma vez que com a alta velocidade espera-se maior tráfego de dados.

O 4G da Claro estreou em Recife, comercialmente, em dezembro de 2012, e em fevereiro deste ano foi disponibilizado também em Curitiba. Os municípios onde foram feitos os primeiros testes - Campos do Jordão (SP), Paraty e Buzios (RJ) - completam a lista, ao lado da capital gaúcha, de onde a conexão está disponível.

Segundo o presidente da Claro, Carlos Zenteno, Porto Alegre foi escolhida para receber a nova geração da internet móvel de alta velocidade porque a operadora foi criada na cidade, em 1999, e por características de mercado, tido como modelo. "Porto Alegre tem público preparado, muito tecnológico e com nível de educação muito alto, o que permite testar serviços e ter o feedback", explicou o executivo.

A capital gaúcha também foi escolhida porque foi o onde a Net, pertencente ao grupo América Móvil, dono da Claro, liberou o espectro usado para o 4G. Inicialmente, a conexão funciona com 5 Mhz para upload e 5 Mhz para download de dados - total de 10 Mhz. Segundo o presidente da operadora, à medida que o espectro for sendo liberado pela TV, a internet móvel de alta velocidade atingirá os 40 Mhz leiloados pela Anatel no ano passado. A previsão é que isso ocorra ainda em abril.

O terceiro fator que teria feito a operadora adiantar a disponibilidade do 4G, obrigatória apenas a partir de dezembro, em Porto Alegre foi a "abertura da prefeitura" para possibilitar o uso das instalações já existentes para a viabilização do 4G, segundo Zenteno. A Claro, segunda em fatia de mercado no Rio Grande do Sul, tem no momento 108 torres aptas ao 4G, e para o mês que vem pretende ampliar o número para 127.

O secretário de Desenvolvimento e Assuntos Especiais da prefeitura, Edemar Tutikian, ressaltou os "avanços" nas conversas entre a administração da capital gaúcha e a Claro. "Há um grupo de trabalho voltado a resolver os problemas encontrados na expansão, estamos avaliando o que é de responsabilidade pública e da iniciativa privada", disse. "É um desfaio por causa da legislação que rege Porto Alegre e por causa do posicionamento de ambientalistas", completou.

A cobertura hoje equivale a 50% das antenas de 3G, o que, na área urbana, corresponde a mais de 90% do território atingido pela conexão de terceira geração, segundo o executivo. "Mas se o cliente for para outro Estado ou para algum lugar onde não há cobertura de 4G, ele poderá usar o 3G como fazia antes", reforçou Zenteno.

Streaming e multiplayer
O foco do uso da conexão de alta velocidade é o streaming de vídeos e músicas e os jogos multiplayers, em que mais de um jogador atua ao mesmo tempo. O teste de conexão feito na coletiva desta quarta marcou 33,05 Mb de velocidade de download e 9,33 Mb para upload.

"Só a conexão não tem uma utilidade direta, por isso vão ser lançados serviços novos", continuou Zenteno. Ele apresentou o Claro Vídeo, que vai funcionar como uma espécie locadora virtual com pacotes mensais - na média de R$ 15 - e à la carte. O pagamento poderá ser feito pela conta Claro, Embratel ou Net do cliente.

O 4GMax, como é comercializada a conexão, já tem cerca de 5 mil clientes nas cinco cidades em que está disponível, fora Porto Alegre. Os números incluem smartphones, tablets e modems. Os primeiros clientes da capital gaúcha receberam seus aparelhos durante a coletiva de imprensa: um Motorola Razr HD e um modem Huawei E392. A linha de smartphone 4G vendidos na Claro conta também com as opções do Samsung Galaxy S III 4G e com o Nokia Lumia 820. Os tablets Samsung Galaxy Note 10.1 e Galaxy Note 2 devem ser incluídos na lista em breve.

A conexão 4G será oferecida pelo mesmo valor da 3G, segundo o presidente da operadora. O valor dos aparelhos - que atualmente varia de R$ 549 a R$ 999, no plano Ilimitado 200 - "vai nivelar à medida que houve mais opções" de dispositivos, de acordo com o executivo.

O gerente da regional sul da Anatel, João Jacob Bettoni, também presente no anúncio de hoje, frisou que a disponibilidade do 4G é uma "parceria do órgão regulador com a operadora, para manter a qualidade dos serviços e tentar sempre a redução das tarifas". Ele ainda observou que haverá avaliações trimestrais das operadoras, além da sistêmica anual e das pontuais, que dependem do nível de reclamações recebidas.

Expansão
Depois de Porto Alegre, a conexão 4G deve chegar a Fortaleza, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Mas as cidades seguintes, segundo a Claro, ainda não foram planejadas, uma vez que paralelamente à disponibilidade da conexão de alta velocidade pela frequência de 2,5 GHz**, a operadora está disponibilizando a internet móvel pela faixa de 400 MHz*** para locais que hoje ainda não têm acesso à web, como previa o leilão da Anatel.

Sobre a parceria com a Telefonica | Vivo, Zenteno explicou que toda a infraestrutura será compartilhada, o que já ocorria antes, com a novidade de que os links das operadoras também serão repartidos - o chamado compartilhamento passivo. Equipamentos e frequências não serão divididas, ressaltou o presidente da Claro.


http://tecnologia.te...cceb0aRCRD.html


4G Max
Assim como acontece com o mercado 3G, onde a Claro oferece o 3G Max, a rede apresentada hoje vem sendo chamada de 4G Max. Zenteno explica que a diferença está no espectro contratado junto à ANATEL, que é de 20 MHz para download e os mesmos 20 MHz para upload (recebimento e envio de dados, respectivamente).

“Apenas nós e mais uma operadora compramos este espectro. Outras duas têm 10 MHz + 10 MHz. Isso significa para nós uma maior capacidade de transmissão e mais velocidade, como se comparássemos uma rodovia com duas faixas e outra com quatro”, ilustra Zenteno.

Durante a apresentação, uma medição feita online apontou a velocidade de 33 Mbps para download e 9,3 Mbps para upload, mas deve ser ainda maior. É que a empresa opera com 5 MHz + 5 MHz enquanto aguarda a liberação de toda a frequência contratada (os 20 MHz citados acima), hoje utilizada por emissoras de televisão.

Compartilhamento de antenas


Como forma de distribuir melhor o sinal da rede 4G, a Claro assinou há dois dias um acordo com a Vivo, garantindo que ambas utilizem as mesmas estruturas. “O compartilhamento de sites e antenas vai possibilitar uma quantidade menor de instalações e links de transmissão, o que facilita muito para a gente”, explica Zenteno. O acordo,pelo menos por enquanto, não prevê o chamado compartilhamento ativo, que incluiria o uso de equipamentos eletrônicos em comum.


http://www.amanha.co...-rede-4g-no-sul
4GMax. Na velocidade da sua emoção. ∎ Plano Ilimitado 200 ∎ Sony Xperia ZQ (C6503)