Ir para conteúdo



Foto

Internet 4G brasileira é a terceira mais rápida do mundo


  • Por favor, faça o login para responder
2 respostas neste tópico

#1

seiken

    Membro Platinum PluS

  • Membro Prime
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 24.925 posts

Postado 23 Fev 2014 - 04:32

Claro é a que entrega melhor conexão

 

66816375211306-t640.jpg

Claro e Vivo são as únicas figurando no ranking das melhores operadoras (Fonte da imagem: Reprodução/Mobilexpert)

 

Se você acessou esta notícia assustado com o provável absurdo do título, prepare-se para mudar seus conceitos de mundo. Sim, a internet 4G do Brasil é a terceira mais rápida do mundo, pelo menos é o que diz o relatório “State of LTE” realizado pela OpenSignal. O relatório foi feito a partir de medições em 16 países, o que resultou no cálculo da velocidade média obtida em cada país pesquisado. É notável que, apesar de a rede brasileira não ser teoricamente uma das mais rápidas, na prática, os clientes experimentam ótimos resultados.

 

A velocidade média de download registrada no Brasil é de 21 Mbps, marca superada apenas por Austrália (24,5) e Itália (22,2). Surpreendentemente, países como Japão, Coréia do Sul e EUA ficam bem atrás da média brasileira. Confira o gráfico para números mais detalhados.

 

668163752113214.png

Velocidade média de download em Mbps (Fonte da imagem: Divulgação/OpenSignal)

 

Como se já não fosse novidade o suficiente, o relatório dos testes registrou a operadora brasileira Claro como tendo a rede 4G mais rápida do mundo, isso dentre todas as pesquisadas. A empresa atingiu impressionantes 27,8 Mbps de velocidade média nos testes. A segunda colocada brasileira no ranking das operadoras é a Vivo, que amarga a 31ª posição. Ainda assim, a Claro mantém seus clientes com sinal 4G por apenas 42% do tempo de conexão, enquanto a Vivo marca 51%. Tim e Oi não apareceram no ranking das melhores velocidades e cobertura.

 

Ainda não está acreditando?

 

Tudo tem uma explicação. A rede 4G no Brasil é relativamente nova, estando presente em apenas 81 cidades em todo o país. Por conta disso, ainda há poucas pessoas que utilizam o serviço, o que deixa as operadoras trabalharem com folga. Dessa maneira, com menos gente utilizando a conexão, mais rápida ela é. Tudo funciona naquele princípio do congestionamento: quando todo mundo resolve trafegar pela principal avenida da sua cidade, o tempo para chegar de A até B é bem maior que quando todo mundo foi viajar para o litoral e ninguém tem mais interesse naquela avenida. É o que acontece com nosso 4G atualmente.

 

Esse cenário, entretanto, deve mudar muito em breve com a popularização dessa tecnologia pelo país. Assim, se as operadoras não mantiverem a taxa de clientes por ponto de acesso, as velocidades devem cair bastante, criando redes congestionadas em com ampla cobertura, como acontece hoje nos EUA.

 

O relatório ainda indica que atualmente 76 países já contam com 4G LTE, tendo o Brasil e a Austrália ativado as primeiras redes do tipo no Hemisfério Sul.

 

 

Fonte: OpenSignal - via ZDNet

 

 

Créditos: Leonardo Müller do TecMundo

 


Não respondo dúvidas via email, caixa de entrada ou mensagem privada. Procure o fórum sobre seu aparelho e crie um tópico novo com a dúvida, assim não somente eu mas qualquer membro poderá ajudá-lo.


#2

edsonnota1000

    Membro Júnior

  • Membros
  • PipPipPip
  • 89 posts

Postado 10 Mar 2014 - 08:09

Sabe o que é mais engraçado nesse tipo de dados e pesquisas é que eles nunca fizeram algo como o nível de abandono com tecnologias anteriores, por causa da copa todas as operadoras estão correndo atrás de marketing, a primeira operadora a implantar o 4g quem está preocupado com 4g quando nem sequer temos 3g abrangendo todo o território nacional, é a mesma coisa que nadar....nadar....e morrer na praia, é um absurdo, esses dados são uma tremenda besteira.
A população Brasileira, pelo menos 70% dela não tem um aparelho compatível ou não possuem condições financeiras para adquirir tal equipamento com essa tecnologia, se fosse feito um bom investimento em infraestrutura na rede 3g não precisaríamos de 4g

#3

seiken

    Membro Platinum PluS

  • Membro Prime
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 24.925 posts

Postado 10 Mar 2014 - 08:49

Concordo com a opinião, mas o teste foi somente com 4G , ela não envolveu 3G, EDGE nem GPRS , por isso a pesquisa não é uma besteira, ela demonstra uma realidade sobre a distribuição do acesso.

 

Justamente por poucos consumidores terem acesso a manter o custo extorsivo dos planos 4G, então na média os equipamentos 4G operam com folga, por isso a velocidade média do 4G do Brasil acaba chegando a ser maior que de alguns países desenvolvidos, onde a massa de trabalhadores tem acesso ao 4G e disputam a atenção das antenas e dos equipamentos instalados.

 

A pesquisa é útil para pressionar a Anatel para que ela ou force uma baixa no preço dos planos, ou crie políticas públicas como o internet para todos com 4G, ou abra novas concessões além das 4 operadoras GSM e a IDEN .

 

Um país do tamanho do Brasil com menos de 10 operadoras tende a elas evitarem a competição, entrarem em um acordo entre sí e criarem um cartel .


Editado por seiken, 10 Mar 2014 - 08:56.

Não respondo dúvidas via email, caixa de entrada ou mensagem privada. Procure o fórum sobre seu aparelho e crie um tópico novo com a dúvida, assim não somente eu mas qualquer membro poderá ajudá-lo.