Ir para conteúdo



Foto

Facebook pretende encher céu com drones que distribuam internet pelo mundo


  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico

#1

seiken

    Membro Platinum PluS

  • Membro Prime
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 24.925 posts

Postado 06 Mar 2014 - 02:34

Pelo menos é isto o que rumores do site TechCrunch indicam: inúmeros drones podem ser espalhados para distribuir internet para países da África

 




456349562512540-t640.jpg

(Fonte da imagem: Reprodução/C/NET)

 

Parece que o Facebook está considerando comprar drones da Titan Aerospace para lançá-los aos céus e espalhar conexões de internet em determinadas regiões. Segundo o site TechCrunch, isso pode acontecer em breve.

 

A Titan Aerospace é responsável por desenvolver drones autônomos que podem voar por cinco anos sem necessidade de pousarem ou serem reabastecidos, já que funcionam com energia solar.

 

As aeronaves se mantêm no ar graças à energia solar e podem ter múltiplas aplicações, voando até 20 quilômetros de altitude. De acordo com rumores, o Facebook está interessado em adquirir esses equipamentos para transformá-los em fontes de internet aéreas, que se locomovem e chegam a localidades difíceis (o foco inicial seriam os países da África). A Titan já confirmou que o Facebook entrou em contato – e que o acordo realmente pode ocorrer.

 

O modelo de aeronave escolhido pelo Facebook é o Solara, pois já que existem 11 mil drones funcionais que podem ser acionados e fornecer internet pelo ar. Os Solaras são enviados normalmente no período noturno, sendo que, depois que eles entram em contato com a luz solar, circulam pelo ar sem necessidade de recarga.

 

 

Também há o rumor de que o Facebook pode optar por comprar a empresa Titan por completo, sendo que os valores dessa negociação giram em torno dos US$ 60 milhões – um preço muito inferior quando o comparamos com o valor pelo qual o WhatsApp foi vendido.

 

O projeto com as aeronaves é de certo modo parecido com o Project Loon, lançado pelo Google e que prevê disponibilização de internet ao redor do globo com a ajuda de balões de ar quente (algo que já está sendo testado na Nova Zelândia), como já noticiamos aqui no TecMundo. De qualquer modo, tudo no momento não passa de especulação, porém em breve devemos saber se os céus ficarão cheios de drones distribuindo internet por aí. 

 

 

Fonte: TechCrunch, Engadget, C/NET

 

 

Créditos: Ian Castelli do TecMundo


Não respondo dúvidas via email, caixa de entrada ou mensagem privada. Procure o fórum sobre seu aparelho e crie um tópico novo com a dúvida, assim não somente eu mas qualquer membro poderá ajudá-lo.