Ir para conteúdo



Foto

Confira mais detalhes do Moverio BT-200, óculos inteligentes da Epson


  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico

#1

seiken

    Membro Platinum PluS

  • Membro Prime
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 24.925 posts

Postado 11 Mar 2014 - 12:49

Acessório da Epson até reproduz game personalizado para demonstrar funcionalidades

 

55276020810192710-t640.jpg

 

Temple Run é um dos maiores sucessos do mercado mobile. Sua fórmula viciante aliada a uma jogabilidade que requer rápidos reflexos do jogador encantou a todos. Já imaginou enxergar toda aquela velocidade numa perspectiva em primeira pessoa? A Epson já.

 

O acessório Moverio BT-200, demonstrado na CES e agora na SXSW, consiste num par de óculos inteligentes da Epson. O novo hardware que a companhia mostrou tem uma belíssima finalidade (dentre as várias possíveis): exibir games numa “realidade alternativa”. A armação dos óculos conta agora com uma câmera, permitindo que suas experiências “viscerais” sejam capturadas e posteriormente compartilhadas.

 

A linha Moverio suporta a versão 4.0 do Android, mas, diferentemente de smartphones e tablets rodando o mesmo sistema operacional mobile, os óculos da Epson incluem um par de displays transparentes embutidos, os quais fornecem uma visualização bastante favorável do ambiente.

 

O pessoal do Engadget fez um hands-on do produto e reportou que o campo de visão não é afetado de forma alguma pelos displays. É claro que não é recomendável, no entanto, andar, dirigir ou interagir com outras pessoas enquanto o usuário estiver utilizando o acessório.

 

Monitorando os movimentos

 

Uma das etapas do teste do produto fez uso de um jogo personalizado denominado Sky Temple, uma espécie de “parente” de Temple Run, só que em primeira pessoa. Esse teste colocaria em prática o sensor de movimentos equipado no produto, responsável por monitorar nossos deslocamentos. Confira o vídeo com o hands-on que o pessoal do Engadget fez clicando aqui.

 

O próprio criador do game customizado, aliás, o define como “uma versão real em primeira pessoa de Temple Run”. O jogador pode se movimentar ao olhar para frente. Ao virar para os lados, a direção do personagem será alterada no jogo. Os cenários, aliás, lembram bastante aqueles vistos em Temple Run.

 

A navegação pelo sistema operacional é feita através de um trackpad cabeado – mais ou menos do tamanho de um smartphone de pequeno porte –, uma solução que vai de encontro ao propósito do produto, apesar de uma touchscreen ser mais eficiente em termos práticos.

 
 

Ousado, não?

 

 

Fonte: Engadget

 

 

Créditos: Bruno Micali do TecMundo


Não respondo dúvidas via email, caixa de entrada ou mensagem privada. Procure o fórum sobre seu aparelho e crie um tópico novo com a dúvida, assim não somente eu mas qualquer membro poderá ajudá-lo.