Ir para conteúdo



Foto

ROM's de operadoras com escritas maliciosas...


  • Por favor, faça o login para responder
3 respostas neste tópico

#1

Eduardo Chaves

    Iniciante

  • Membros
  • Pip
  • 29 posts

Postado 12 Mar 2014 - 13:43

(Seria em particular mas o sistema do fórum não aceita mensagens para o administrador)

 

Me chamo Eduardo Chaves, ingressei no fórum por gostar de saber como as coisas funcionam.

 

Quis o destino que eu fosse Advogado, embora goste mesmo é de exatas.

 

Bem, como Advogado, sou diretor jurídico da Abracon - Associação Brasileira do Consumidor (www.abracon.org.br).

 

Um de nossas obrigações aqui na Abracon, é defender interesses ou direitos dos consumidores sem que eles sequer saibam disso, através das ações coletivas - Ações Civis Públicas.  Um avanço da democracia!  Imagine se cada um tivesse de contratar um Advogado?

 

Esbarrei no fórum, não me lembro aonde, com a informação de que, ao que parece, apesar de a Anatel determinar que todos os celulares vendidos pelas operadoras não contenham qualquer bloqueio, nas respectivas ROM's haveriam escritas maliciosas, que apesar de não impedirem que se use um chip de outra operadora, acabana por atrasar o funcionamento, o que no meu entender constitui-se em prática abusiva e crime contra o consumidor, que terá a impressão que determinado chip (operadora), funcione melhor do que os demais.

 

Se isto tiver fundamento, eu gostaria de entrar com uma Ação Civil Pública contra as operadoras, e contra a Anatel - que não fiscaliza - para obrigar que não mais ocorra o fato, e que elas retifiquem as ROM's já instaladas, além de dano moral coletivo.

 

Alguns dos moderadores poderia me ajudar?  Quero dizer; me dar uma pequena assessoria, sem se envolver com o assunto?

 

Forte abraço!

 

Eduardo Chaves




#2

seiken

    Membro Platinum PluS

  • Membro Prime
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 24.925 posts

Postado 12 Mar 2014 - 14:50

Suponho que seja com relação ao Android , que é o sistema operacional mais usado atualmente .

 

Nele existe um arquivo chamado apns-conf.xml , ele fica salvo no diretório /system/etc e não é acessível ao consumidor a menos que ele renuncie à garantia e modifique o software original do fabricante , um procedimento conhecido como root.

 

A função do apns-conf é ter uma lista com a configuração das operadoras , em relação à configuração do APN (Access Point Name) .

 

Essa configuração descreve como deve ser a comunicação de dados - internet GPRS , EDGE, 3G, mensagens MMS e SMS .

 

Quando o fabricante lança uma versão nova de ROM, a primeira versão é limpa de personalizações de operadora, e tecnicamente chamada de "Retail" ou "Stock" . Essa versão vem com apns-conf.xml de todas operadoras do mundo , aprox. 1300 operadoras.

 

Um pequeno trecho de como é o conteúdo do apns-conf.xml:

  <apn carrier="Amazonia GPRS" mcc="724" mnc="24" apn="gprs.amazoniacelular.com.br" user="celular" password="celular" mmsc="null" type="default,supl" />
  <apn carrier="Amazonia MMS" mcc="724" mnc="24" apn="mmsgprs.amazoniacelular.com.br" user="celular" password="celular" mmsc="http://mms.amazoniacelular.com.br" mmsproxy="200.192.230.142" mmsport="8080" type="mms" />
  <apn carrier="Oi" mcc="724" mnc="31" apn="gprs.oi.com.br" user="oi" password="oi" mmsc="null" type="default,supl" />
  <apn carrier="Oi MMS" mcc="724" mnc="31" apn="mmsgprs.oi.com.br" user="oimms" password="oioioi" mmsc="http://200.222.042.204:8002" mmsproxy="192.168.10.50" mmsport="3128" type="mms" />
  <apn carrier="CTBC MMS" mcc="724" mnc="32" apn="mms.ctbc.br" user="ctbc" password="1212" mmsc="http://mms.ctbccelular.com.br/was" mmsproxy="172.29.7.70" mmsport="8080" type="mms" />
  <apn carrier="CTBC MMS" mcc="724" mnc="33" apn="mms.ctbc.br" user="ctbc" password="1212" mmsc="http://mms.ctbccelular.com.br/was" mmsproxy="172.29.7.70" mmsport="8080" type="mms" />

O fabricante oferece às operadoras software para modificarem a ROM Retail, para fazem a personalização da empresa, tecnicamente é camado de branding, adicionando o logotipo da operadora bem como material de propaganda e mídias, para distribuir a ROM com "branding" aos seus clientes, tanto aparelhos vinculados em contratos de 1 ano e preço parcialmente subsidiado, quanto aparelhos comprados desbloqueados nas lojas da sua "bandeira"  .

 

O software de branding permite modificar o apns-conf.xml removendo ou modificando o APN das concorrentes, de forma que o 3G não recebe a configuração automática pela rede da operadora concorrente, e mesmo se o consumidor tentar configurar o APN correto da operadora concorrente , sem o apns-conf.xml correto ele não consegue salvar, o Android verifica a configuração feita, não encontra equivalente no apns-conf e então apaga a configuração manual feita pelo consumidor silenciosamente , sem sequer dar alguma mensagem de erro .

 

Dessa forma o aparelho desbloqueado até funciona para chamadas de voz, porém não funciona no acesso à internet .

 

Existe um aplicativo chamado APN Brasil que é feito justamente para substituir o APN modificado pelas operadoras, pelo APN completo e correto. 

 

Porém ele funciona até a versão Android 2.3 Gingerbread, nas versões mais recentes do Android ele não funciona mais devido a proteção da Google contra alteração não permitida - a prática de "branding" é tolerada como pratica comercial no exterior, então no exterior além do desbloqueio para outras operadoras também existe o procedimento de "debrand" nos aparelhos , ou seja torná-los versões genéricas, com a ROM Retail.

 

Por isso mesmo além do desbloqueio para usar SIM Card de outra operadora ( unlock ), também existe o debrand , que consiste em remover a ROM Branded e flashear a ROM Retail, que é feita também pelos brasileiros .

 

Em anexo uma cópia do apns-conf.xml original completo que é comum das ROMs Retail :

 

Arquivo anexado  apns-conf.zip   22,54K   16 Downloads

 

Imaginava que as operadoras não estivessem mais fazendo ROMs com branding do 3G, porque as queixas no fórum diminuiram bastante .

 

Talvez os fabricantes tenham desabilitado o branding do 3G no software das operadoras , afinal o consumidor acabava sendo obrigado a recorrer à garantia do fabricante para fazer funcionar .

 

Enfim deve avaliar se é esse o caso que esteja acontecendo de queixas dos consumidores .

 

[]s


Editado por seiken, 12 Mar 2014 - 14:56.

Não respondo dúvidas via email, caixa de entrada ou mensagem privada. Procure o fórum sobre seu aparelho e crie um tópico novo com a dúvida, assim não somente eu mas qualquer membro poderá ajudá-lo.

#3

PMFreire

  • Supervisor
  • 2.247 posts

Postado 13 Mar 2014 - 08:39

Hoje em dia não e feito mais isso no caso do android e do Windowsphone e tao pouco no iphone o que e notado e somente uma diferença na qualidade do sinal de uma operadora para outra, mas isso não e código malicioso e a simples diferença de uma operadora para outra como proximidade da erb muitos usuários da mesma operadora na área o que gera em muitos casos dificuldades em fazer ligações, infelizmente o que falta aqui no brasil e investimento por parte das operadoras para atender seu usuário da melhor maneira possível, so para citar um exemplo veja a tim que tem uma gama muito grande de usuários pre pagos e não expandiu a rede gerando problemas para usuários como não conseguir fazer ligação, utilizar a rede de dados enviar mensagens etc, mas no caso nosso aqui no brasil o que falta nessas agencias de controle são técnicos, a maioria dos cargos são para partidos políticos para a velha politica do toma la da ca, digo e repito as agencias de fiscalização tal como anatel não deveria ser utilizada para cargos políticos nequinhos do pt, psdb, pr entre outros o cargo tem que ser técnico e não para agradar partido a ou b, como esse governo do pt esta fazendo se você fizer uma analise de quem esta na direção dessas agencias você vera que todos os altos cargos tem filiação politica com partido a ou b, so quando mudar essa politica e que teremos serviço de qualidade seja na telefonia, estradas e aviação entre outros

#4

Eduardo Chaves

    Iniciante

  • Membros
  • Pip
  • 29 posts

Postado 13 Mar 2014 - 12:43

Obrigado aos que responderam!

 

Bem; seria certo afirmar, que se eu baixar uma ROM Branded, seria possível periciar o arquivo apns-conf.xml e descobrir se, atualmente, a prática ainda é utilizada?

 

Daí não se fica no capo da hipótese!  Em outtas palavras, se eu baixar uma ROM do SamFirmware, branded, das mais novas, é possível periciar as escritas do apns-conf.xml?

 

Edu