Ir para conteúdo



Foto

Taxi elétrico e sem motorista em 2010


  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico

#1

PluSGSM

    Membro Platinum PluS

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 49.353 posts

Postado 25 Ago 2009 - 17:02


O táxi elétrico de Londres: do terminal ao estacionamento em cinco minutos





Um dos problemas dos aeroportos internacionais é a longa distância entre o estacionamento e o terminal. Um projeto inglês deve acabar com isso.

A solução chama-se Personal Rapid Transport, um taxi elétrico que transportará passageiros do terceiro aeroporto mais movimentado do mundo, o Heathrow, em Londres, do terminal 5 a um dos estacionamentos do local. A grande diferença para táxis comuns e ônibus que também fazem esse tipo de traslado não é, no entanto, apenas o fato de tratar-se de um veículo elétrico e, portanto, menos poluente.





A maior novidade é a falta de motorista. Mas não pense que o usuário precisará dirigi-lo. O carro, que deve entrar em operação no começo do ano que vem e leva até quatro passageiros de cada vez, funciona sozinho. Só é preciso apertar um botão.

Ele foi apresentado há cerca de dez dias no Museu da Ciência de Londres e alcança a velocidade máxima de 40 km/h. Pode parecer pouco, mas isso será suficiente para diminuir em 40% o tempo do percurso entre o terminal de passageiros e o estacionamento que, com o táxi elétrico, pode chegar a cinco minutos.



O fluxo do trânsito também deve melhorar. Isso porque o táxi só pode cumprir um roteiro pré-estabelecido e não deve competir por espaço com os carros e ônibus nas ruas, já que anda sobre trilhos e usa um sistema de lasers e computadores para navegar.

Essa é a apenas a primeira parte do projeto – que já custou 75 milhões de reais e deve colocar em operação 18 modelos do veículos. Em uma segunda fase, haverá táxis elétricos funcionando em todos os terminais e estacionamentos do aeroporto e espera-se que sejam utilizados por cerca de 500 mil pessoas por ano.



Professor Martin Lowson, o responsável pelo projeto que existe desde 1995, afirmou que esse sistema pode transformar cidades no século XXI e trazer uma forma ambientalmente responsável para o transporte urbano, reduzindo emissões e congestionamentos.

O serviço será gratuito para quem usar o serviço de estacionamento do aeroporto que custa 21 libras ou 63 reais por dia.